Bigádu Mama Mídia

E a Vaca Foi Pro Brejo

Compositor: Não Disponível

Minha mamãe sempre dizia
Que tomasse cuidado com a tal erva do capeta
Porque os maconheiros esguicham na gente
Dando coceiras em nossas rabetas
E em nome de Deus só poderia drogar-me
Com uma cerveja, uma cerva legal
Porque no rótulo tem duas freiras
Símbolo cristão, paixão nacional

É melhor trocar uma criança
Por um cachorrinho de madame
Porque são mais humanos
E os documentos eles nos lambem
Também que pelo ralinho do banheiro
Nóis num engravida ninguém
Porque descascar uma banana
O santíssimo Papa liberou, amém!

Esse papo de mostrar meu currículo por aí
Eu não sou chegado
Porque o homem veio do barro
E de sua costela uma delícia ensopada!
Que deixa em pé e exaltada
Até a mais humilde lumbriga
Certamente isso não é machismo
Pois está escrito na bíblia amiga!

Hoje sei o que é certo ou errado
Sou um adulto feliz
Politicamente correto
Que não tira meleca do nariz
Enclausurado em meu escritório
Aprendi o que é liberdade
Hoje sou a madre superiora
A dona da verdade

Mama mídia minhas opiniões devo a você
Verdades em supositórios (todas prontas) na TV

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital